Polícia vai ouvir advogado que teria furtado bilhete premiado de idoso em Jandaia do Sul

Do Bonde

A Polícia Civil de Jandaia do Sul deve ouvir o advogado suspeito de furtar o bilhete premiado do bolão da Mega Sena, que pagou R$ 20,6 mil em julho do ano passado.

O despacho da polícia, que abriu inquérito em outubro de 2013, pede que o advogado seja interrogado para explicar a origem do bilhete.

A vítima, Olívio Testa, 78 anos, alega que descobriu que foi assaltada quando tentava retirar o prêmio em Jandaia do Sul. No entanto, o montante já havia sido pago ao advogado em uma agência bancária em Apucarana.

Segundo a Polícia Civil, houve quebra de sigilo do advogado com repasse de informações da Caixa Econômica Federal. Além disso, os participantes do bolão também prestaram depoimentos e confirmaram que o idoso fazia parte do grupo.

Após a conclusão, o inquérito deve ser encaminhado ao Ministério Público (MP). O acusado pode ser indiciado por furto e interceptação.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta