Mariceli Bernini: Um pequeno grande guerreiro pede ajuda!

MariceliNo dia 28/05, realizando uma anamnese (consulta inicial com os pais de uma criança que vai iniciar um tratamento psicológico gratuito), tomei conhecimento da situação que a família da criança vem enfrentando. Pude identificar que não somente a criança em questão, mas também os outros irmãozinhosestão doentes. A criança em questão foi adotada por um casal que tem outros 2 filhos doentes.

Por isto tomei a iniciativa de auxiliá-los, e primeiramente vou expor osproblemas e dificuldades e depois o pedido da ajuda a vocês.
O menor em questão, M. (4 anos), é filho de uma mulher que está presa por assassinato e também por maus tratos aos filhos. Durante a gestação ela fez uso de crack, cocaína e álcool. A criança nasceu com sequelas devido às drogas que a mãe utilizou na gestação, além de também apresentar anemia crônica, alterações sanguíneas e mancha no pulmão. A tia adotou a criança e os outros 3 irmãos foram adotados por famílias de outras cidades. Faz tratamento em Londrina com médico hematologista e faz uso contínuo de medicação controlada RESPIRIDONA. Além deste, também faz uso de HISTAMIM e terá que utilizar NORIPURUM por 4 meses seguidos. Esta criança iniciará psicoterapia devido aos danos emocionais por seu histórico de vida.

Sua irmã, (filha legítima da família que a adotou), a menor S. 10 anos, sofreu uma queda do beliche, e teve como consequência um coágulo cerebral, passou por uma cirurgia e faz uso de medicamento controlado e por tempo indeterminado AMITRIPTILINA e PARACETAMOL gotas. Faz tratamento no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba.
Seu irmãozinho ( filho legítimo da família que o adotou), N. 6 anos, possui um problema cardíaco, infecção pulmonar, asma e bronquite. Faz tratamento no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. Faz uso contínuo e por tempo indeterminado dos seguintes medicamentos:
AZETROMICINA 500mg;
SERETIDE;
SABUTAMAL 100mcg;
BECLOMETASONA 250 mcg;
MONTELUCANTE 10 mg;
OMEPRAZOL 20 mg;
LORATADINA 10 mg/ml;
BUDESOMIDA;
ALENIA.

Pois é, gente… a mãe das crianças não pode trabalhar porque fica em casa cuidando das crianças, e o pai precisou abandonar o emprego de pedreiro para auxiliar a esposa no cuidado com os filhos, trabalha “por dia”.
O Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba, fica a 401 quilômetros da cidade onde a família mora, e Londrina fica 158 quilômetros. Mais de uma vez ao mês um dos pais tem que acompanhar os filhos a estas cidades.
Na terça-feira passada a mãe chegou de Curitiba com o filho N. e na quarta-feira o pai foi com a filha S.
É uma situação bastante desgastante para toda a família, imaginem… Pois se trata de doenças que não tem cura, apenas tratamento, portanto, os tratamentos são para a vida toda.
Eu gostaria de auxiliar a família no seguinte:
– comprar roupas de inverno para as crianças, pois aqui no Paraná está muito frio;
– quitar a dívida na farmácia;
– comprar alguns dos remédios (pois são de uso contínuo) para “aliviar” as despesas, mesmo que momentaneamente.
Por isso peço que, por favor, me ajudem a fazer isso:
– Doem roupas (paraas crianças, que é uma menina de 10 anos e dois meninos, um de 4 e o outro de 6 anos);
– Brinquedos;
– Remédios (principalmente NORIPURUM e os outros que não necessitam de receita ou que não são oferecidos pelo SUS);
– Caso alguém possa fazer doação em dinheiro, entreguem pessoalmente no IVAÍ AUTO PEÇAS (ao lado da Comercial Ivaiporã), aos meus cuidados, ou façam o depósito em uma das agências:
BANCO DO BRASIL
Agência: 2631-X
Conta Corrente: 14.776-1

BANCO ITAÚ:
Agência: 3853
Conta Corrente: 17633-1

SICREDI AGROREMPRESARIAL:
Agência: 0723
Conta Poupança: 33973-3
Roupas e brinquedos, ou quaisquer outras doações devem ser feitas também no IVAÍ AUTO PEÇAS.
A maior medida do caráter de uma pessoa pode ser feita pela maneira como trata seus semelhantes!

Mil vezes obrigada!!!
É DEUS EM AÇÃO!!!
MariceliBernini.

Adicionar a favoritos link permanente.

3 Comments

  1. Que lindo o seu gesto de solidariedade e amor!Conte comigo!
    Que Deus continue abençoando sua vida.

  2. Os tamanhos das roupas e sapatos das crianças são:

    S. 10 anos (menina) … sapato número 34 e roupa número 10;
    N. 6 anos (menino)… sapato número 32 e roupa número 8;
    M, 4 anos (menino)… sapato número 24 e roupa número 3.
    Obrigada!!!
    É DEUS EM AÇÃO!

Deixe uma resposta