Regina pede urgência na recuperação das rodovias da região

_DSC1001A Prefeita de São Pedro do Ivaí, Maria Regina Della Rosa Magri protagonizou um discurso durante a última reunião da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (AMUVI), na sexta-feira (30), em Kaloré, o qual arrancou aplausos de todos que estavam presentes. Regina, aproveitando a presença de representantes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), criticou as condições das rodovias que dão acesso ao seu município, como PRT-369 e PR-457, lembrando que reivindica obras de melhoria desde seu primeiro mandato.

“Sabemos da importância que estes trechos têm, não só para a comunidade São-Pedrense, mas para vários municípios da região como Ivaiporã, Lunardelli, São João do Ivaí, Jardim Alegre e outros que passam por nossa cidade”, disse a prefeita. “Estradas precárias são vitrines negativas, e isso não atrai investidores, não dá caminho ao progresso. Além disso, pensamos nas vidas que estão em perigo diante desses corredores precários”, completou.

Os engenheiros do DER afirmaram que têm conhecimento da situação das rodovias da região, mas pediram um pouco mais de paciência até que sejam programadas as obras e captado recursos. Regina pediu para que sejam revitalizados os trechos de seu município até a ponte do Rio Ivaí, sentido a São João do Ivaí; até Bom Sucesso e a PR-457, de acesso ao município de Itambé, que diminui a distância até Maringá. “Não podemos mais esperar. Reconheço tudo que o governador Beto Richa tem feito por nossos municípios, mas peço urgência no atendimento dessas reivindicações, que até agora só estão sendo arquivadas”.

Outros prefeitos aproveitaram o momento de reivindicação para pedir por melhorias na pavimentação e sinalização de outros trechos de rodovias que cortam o Vale do Ivaí. O parecer do DER foi de que tudo será levado ao conhecimento do Governo do Estado, para que seja feito um estudo e, em seguida, repassada uma previsão de execução de obras aos prefeitos.

 

 

 

 

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Joaquim Barbosa Filho

    Interesses ilusório . Tem pessoas como agente que passa fome em pleno 2014 , o sol deveria brilhar para todos mas como não é bem assim , esse coronélismo ; exerce absoluto domínio sobre as pessoas que viviem em “suas terras “ou delas dependem para sobreviver.
    A escravidão moderna o apego em bens materiais apodrecendo na sociedade , ditadura de suas próprias regras social , o poder político com a sociedade , é o espelho de muitos cidadãos … Que veste a mesma camisa do roubo , mentira , ganância , autoritário de uma terra que irá apodrecer e virar pó como todos todos !!!

    Impunidade usada pra vencer , comprada com seus votos e sua omissão !

Deixe uma resposta