Delegado confirma que colega matou Tatiane e jogou o corpo em rio

CGN/Tá Sabendo

1O delegado responsável pela investigação do desaparecimento de Tatiane Jezualdo confirmou à imprensa nesta terça-feira (10) que a jovem foi mesmo assassinada por um colega de trabalho.

O autor do crime, um jovem de 28 anos, segundo o delegado Amir Roberto, já está detido. A polícia chegou até ele após colher dados e apurar os fatos do sumiço de Tatiane.

Amir disse em entrevista à imprensa que o rapaz confessou ter assassinado a jovem. Ele ainda falou que jogou o corpo dela no Rio Piquiri.

A polícia continua a investigação do caso, já que o corpo da mulher ainda não foi encontrado. A polícia também não revela de que forma a moça foi assassinada. Uma coletiva de imprensa foi marcada para esta quarta-feira (11) na Delegacia de Campo Mourão onde outros detalhes do crime devem ser divulgados.

O desaparecimento

Tatiane desapareceu na terça-feira da semana passada. A jovem saiu para ir ao trabalho e não deu mais notícias à família.

Ela atuava em uma cooperativa na cidade de Ubiratã. Desde o dia do sumiço a família buscou diversas maneiras de tentar localizar a jovem, mas todas sem êxito.

Mensagens de celular foram enviadas do número de Tatiane ao aparelho da mãe dela, mas após isso o telefone permaneceu desligado.

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários estão encerrados.