Mariceli Bernini: Vó Noêmia Bernini a força do Amor

VóóóóóóóDepois de ontem certamente nunca mais serei a mesma. O tempo vai passar, as coisas vão mudar, e eu também mudarei, mas se tem algo que nunca poderia sofrer qualquer alteração é o meu amor por ela… minha avó! Tive o privilégio de nascer com o mesmo sangue nas veias que o da Dona Noêmia Bernini. Ela é minha avó e me ensinou que olhar o mundo com compaixão faz um bem danado não somente para quem é visto com amor, mas também para aquele que vê.

Cresci entre cadernetas de anotações de campanhas beneficentes, entre caixas de brinquedos, de roupas, de alimentos, de remédios, de enxovais para grávidas e recém-nascidos e várias outras coisas arrecadadas fruto de seu incansável trabalho em benefício ao próximo. Crescer neste ambiente fez toda a diferença em minha vida, pois ter dentro de casa um exemplo de como praticar a caridade é algo infinitamente compensador, já que a caridade é um sentimento e uma ação altruísta de ajudar alguém sem buscar qualquer  tipo de recompensa. A prática da caridade só vem de uma pessoa com elevação moral e é uma das práticas que mais caracterizam a essência boa do ser humano já que só quem conhece o amor pode ser caridoso. Ajudar o próximo é somar a alegria de quem é ajudado com a de quem ajuda, talvez por isso minha avó tenha sido uma pessoa tão alegre.

Se é verdade que a vida é uma escola, a melhor lição eu aprendi: que o amor é a única coisa que realmente importa na vida!

Chorar a perda de um ente querido é natural do ser humano, pois quando choramos por ocasião da morte de alguém, na verdade estamos lamentando a perda de uma parte de nós mesmos, porque aprendi que na verdade todos nós somos um só, e que o amor é imortal… e depois que passamos a amar alguém nunca mais esse laço de amor tem a possibilidade de ser desfeito.

Ontem enterramos o corpo físico da minha avó, mas como eu disse, o amor é imortal e por isso todos aqueles que se amam vão, um dia, se reencontrar.

A minha herança eu recebi enquanto minha avó ainda era viva, a maior e a melhor! Me foi transmitida a mais preciosa herança, aquela que a traça não corrói e o tempo não destrói: o amor! Reis dariam todo seu reinado em troca de amor.

A minha avó, minha rainha, nunca pensou somente nela mesma ou em uma só pessoa, ela deixou sua herança para todos nós, pois o amor se multiplica aceleradamente quanto mais doamos, a Fonte é inesgotável porque vem de dentro do coração de Deus.

Façamos nossas homenagens, mas a maior delas é continuarmos o trabalho dela. Nossas atitudes determinam quem nós somos. Quando souberem de alguém que precise de algo, lembrem-se da Dona Noêmia, pensem no quê ela faria na situação de ver alguém precisando. Não foi isso o que Jesus Cristo nos ensinou?

Vou encerrar estas palavras com mais um exemplo de vida dela: VIVAM PELO BEM, PELO AMOR E PELA PAZ. E quero agradecer minha avó por tudo aquilo que somente Deus, ela e eu sabemos… Obrigada, vó!

Mariceli Bernini é psicóloga e possui Consultório de Psicologia em São João do Ivaí.

 

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários estão encerrados.