Pacto pela educação melhora qualidade de ensino das escolas municipais de São Pedro do Ivaí

DSC01696O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal assumido pelos governos federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamenta. O Governo Municipal de São Pedro do Ivaí sustenta este compromisso desde o ano passado, quando promoveu a formação de 36 professores.

De lá para cá, vários projetos foram desenvolvidos nas áreas de português e matemática, visando capacitar os professores para que as aulas sejam mais atrativas e que os alunos possam aprender de forma dinâmica e prazerosa. Todos os projetos acontecem através do trabalho da equipe da Secretaria Municipal de Educação. Nos dias 15 e 16 de agosto, na Associação Antoniana, mais um evento foi promovido dentro da proposta do Pacto.

Os professores da rede municipal participaram de formação continuada com mestres em educação que desenvolveram o trabalho de contação de histórias. O evento chamou a atenção de todos os presentes e colaborou para a construção de novas atividades para serem trabalhadas no ambiente escolar, incentivando a leitura. “Ainda, seguindo a proposta de incentivo a leitura, temos projeto sendo trabalhado com a educação infantil. E tem dado certo”, afirma a secretária de Educação, Terezinha de Lourdes Mouro.

Este projeto que foi citado pela secretária, trata-se do “Senhor Alfabeto”, que vem despertando o interesse das crianças pelos livros. O projeto consiste na confecção de sacolinhas em forma de bonecos para armazenar livros. Essas sacolas foram produzidas pelos professores e a dinâmica permite que a leitura o aluno seja compartilhada com familiares e colegas de classe.

“É uma forma de envolver a família na alfabetização. Os bonecos (sacolas) armazenam vários livrinhos, sendo que cada dia um aluno leva para casa. Em casa, a criança escolhe uma história, lê com a ajuda dos familiares e em seguida conta o que entendeu para o boneco. No dia seguinte, é a vez de compartilhar a história com os colegas, em atividade dentro de sala de aula”, explica a coordenadora pedagógica Ivonete Harada.

Matemática – Novas Propostas

Para que a matemática se torne mais atraente as crianças, inovações foram propostas em projeto e bancadas integralmente pelo Governo Municipal, que fez a aquisição de grande quantidade de materiais pedagógicos. Os professores, seguindo as diretrizes do Pacto, recebendo capacitação continuada, desenvolveram jogos matemáticos que colaboram para melhor aprendizagem. “As funções psicológicas e superiores são mais desenvolvidas com este trabalho”, garante Harada.

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários estão encerrados.