Mariceli Bernini: O Poder das Palavras

rp_Mariceli-150x15011.jpgExiste um poder imenso nas palavras faladas, mas poucos têm consciência dele. As palavras devem ser consideradas os alicerces daquilo que construímos na vida. Usamos palavras o tempo todo e raramente pensamos e prestamos atenção no que dizemos e como falamos. Como prestamos pouca atenção à nossa escolha de palavras, a maioria de nós fala muito com tom de negatividade.

Lembre-se sempre: existe poder em suas palavras. O poder vem quando você assume a responsabilidade por sua vida. E para ser responsável por sua vida, você tem de ser responsável pelas palavras que saem de sua boca. As palavras e frases que você emite são extensões de seus pensamentos. Portanto, comece a prestar atenção ao que você diz. Se estiver usando palavras negativas ou limitadoras, modifique-as. Quando estiver com outras pessoas, preste atenção ao que elas dizem e ao modo como falam, veja se é capaz de associar o que disseram às situações que elas estão vivendo. Repare que muita gente vive na base do “eu deveria”, será que você também é assim?

Outra expressão que precisa ser removida da fala e pensamento é “tenho que”.
Conseguir isso é aliviar muito a pressão que impõe a você mesmo ao usar essa expressão… Em vez disso, comece a falar “escolho fazer de tal jeito”.
A palavra escolher pode dar uma perspectiva completamente diferente á sua vida porque retira o peso e a culpa do TER QUE FAZER e substitui pela responsabilidade das consequências que suas escolhas terão. Lembre-se sempre que tudo o que você faz é por escolha, mesmo que não lhe pareça.

Quer saber o que você anda pensando e como tem falado? Então faça um pequeno exercício: coloque um gravador perto de seu telefone e ligue-o sempre que der ou receber uma chamada. Quando já tiver gravado o suficiente, ouça o que você disse e que palavras usou. Provavelmente você ficará chocado! A partir daí, comece a prestar atenção às palavras que costuma usar e em sua inflexão de voz. Se perceber que repete a mesma expressão três ou mais vezes, anote-a; isso é um de seus padrões de pensamento, E padrões de pensamentos tem a tendência muito grande de tornar-se realidade. Alguns desses padrões serão positivos e capazes de lhe proporcionar apoio, mas certamente você encontrará alguns muito negativos que só o estão prejudicando.

A palavra tem o poder de manifestar seus sentimentos, emoções, pensamentos, desejos, enfim, é através das suas palavras que as pessoas que convivem com você ouvem, analisam, compreendem e reagem, ou seja, seu “mundo interno” expressa-se também através de suas palavras, por isso, devemos estar bem atentos a elas, não somente para que as pessoas que convivem conosco possam nos compreender, mas também para que nós mesmos possamos compreender a nós mesmos.

É provável que muitos mal entendidos, mágoas ou outros enganos seja criados através das palavras que dissemos. Também é muito comum pessoas terem opiniões a nosso respeito bem diferente daquela que nós temos por nós mesmos, e isso pode estar associado às palavras que dizemos.

Dia desses, conversando com uma pessoa, ela disse, pelo menos, a palavra medo umas 10 vezes, durante a conversa, ela disse: “Tenho medo de não dar certo”, “Tenho medo do que as pessoas vão pensar”, “ É muita responsabilidade e por isso tenho medo de falhar”, etc.

“A boca fala daquilo que o coração está cheio”, portanto, analise e compreenda suas palavras e estará fazendo um grande bem para você no sentido de se conhecer mais e melhor.

Baseado no livro O Poder Dentro de Você, da autoria de Louise Hay.

Mariceli Bernini é psicóloga formada pela Universidade Estadual de Londrina e possui Consultório de Psicologia em São João do Ivaí.

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. assim sera a minha palavra ,que sair da minha boca ela voltara para mim,vazia antes fara o me apraz antes prospera naquilo q a enviei isaias 55;11

Deixe uma resposta