Empresário mata a namorada e em seguida tenta suicídio

Do G1

vanessapiva1Uma jovem de 22 anos foi morta com um tiro na cabeça na tarde em Coronel Vivida, no sudoeste do Paraná. Segundo a polícia, o suspeito do crime é o namorado, de 41 anos, encontrado ferido também com um tiro na cabeça na gráfica que mantém no Centro da cidade. Até o fim da tarde deste domingo (30), ele permanecia internado em estado grave no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Lucas, em Pato Branco. Em uma semana, este é o terceiro caso semelhante registrado na região.

Ainda de acordo com a polícia, familiares da jovem disseram que no fim da manhã de sábado (29) ela foi até a casa do empresário para encerrar o relacionamento. Como a estudante estava demorando para retornar e não atendia às ligações, a mãe decidiu ir até o local, onde achou a filha já morta, na garagem.

Assim que foram informados do crime, policiais militares iniciaram as buscas pelo suspeito, encontrado cerca de duas horas mais tarde inconsciente e em estado grave. Com ele estavam um revólver calibre 32 e uma pistola 9mm. O empresário foi socorrido e, em função da gravidade do ferimento, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Coronel Vivida e mais tarde transferido para o hospital em Pato Branco.

O corpo da estudante, que se formaria em odontologia em janeiro, foi sepultado na manhã deste domingo, no cemitério municipal de Coronel Vivida. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Chopinzinho.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta