Ademar Traiano é o novo presidente da Assembleia Legislativa do Paraná

Do G1

traianoO deputado Ademar Traiano (PSDB) é o novo presidente da Assembleia Legislativa doParaná (Alep). Traiano inicia seu sétimo mandato como deputado estadual, após ter sido líder do governo de Beto Richa (PSDB) nos últimos quatro anos. Ele assume o cargo por dois anos.

O último a ocupar a vaga foi Valdir Rossoni (PSDB) – eleito deputado federal nas últimas eleições. A chapa do candidato foi eleita com 51 votos favoráveis e duas abstenções. Somente o deputado Nelson Justus (DEM), na qualidade de presidente da sessão, não votou.

A sessão para a eleição dos nove deputados para a Mesa Diretora foi realizada logo após a cerimônia de posse dos 54 parlamentares, na tarde deste domingo (1º).

Além do presidente, a Mesa Diretora também será composta por Jonas Guimarães (PMDB) – 1º vice-presidente, André Bueno (PDT) – 2º vice-presidente, Gilberto Ribeiro (PSB) – 3º vice-presidente, Plauto Miró (DEM) – 1º secretário, Ademir Bier (PMDB) – 2º secretário, Adelino Ribeiro (PSL) – 3º secretário, Schiavinato (PP) – 4º secretário e Ney Leprevost (PSD) como 5º secretário.

Depois das eleições de outubro, acreditava-se que Ratinho Jr. (PSC) pudesse ocupar a vaga, já que ele foi o deputado mais votado nas eleições de 2014. Entretanto, Ratinho Jr. retomou o comando da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedu). O caminho, então, ficou livre para Traiano.

Em seu primeiro discurso como presidente, Ademar Traiano adiantou que sua gestão terá como prioridades a valorização e profissionalização contínua dos servidores do Legislativo. “Todos serão reconhecidos e prestigiados pelo trabalho que desempenharão – nas comissões, no Plenário, nos cargos de direção e na atuação política”, destacou.

Ele anunciou também mais investimentos em tecnologia da informação e a criação de novos canais de acesso às ações da Assembleia por parte do cidadão, ampliando a transparência do Legislativo.

Posse dos deputados
Dos 54 deputados empossados neste domingo, 12 são do PSC – a maior bancada da Casa. Em seguida, está o PMDB, com nove deputados, e o PSDB com seis. O DEM e o PDT empataram no número de cadeiras, com quatro para cada. Ratinho Junior (PSC) foi o candidato mais votado, com 300.298 votos.

Ao todo, 33 deputados foram reeleitos. Os demais 21 são novos em relação à legislatura anterior. Assim, a renovação do legislativo estadual para a Legislatura 2015-2018 é de 38,8%.

Os deputados que compõe a bancada de apoio ao governador Beto Richa (PSDB) formam a maioria na Casa. Desta forma, assim como ocorreu no primeiro mandato, o tucano não deve ter dificuldades para aprovar projetos de lei de interesse do governo.

Após uma série de medidas de auteridades, no fim de 2014, a Casa Civil já anunciou que deve enviar ao Legislativo outro pacote de medidas com o intuito de melhorar a condição financeira do estado.

Veja quem são os deputados estaduais do Paraná
Adelino Ribeiro (PSL) – Reeleito – 42.924
Ademar Traiano (PSDB) – Reeleito – 69.470 votos
Ademir Bier (PMDB) – Reeleito – 45.699 votos
Alexandre Curi (PMDB) – Reeleito – 114.797 votos
Alexandre Guimarães (PSC) – 24.357 votos
André Bueno (PDT) – Reeleito – 36.506 votos
Anibelli Neto (PMDB) – Reeleito – 49.349 votos
Artagão Júnior (PMDB) – Reeleito – 78.594 votos
Bernardo Ribas Carli (PSDB) – Reeleito – 55.481 votos
Cantora Mara Lima (PSDB) – Reeleito – 43.549 votos
Chico Brasileiro (PSD) – 50.930 votos
Claudia Pereira (PSC) – 29.379 votos
Cobra Repórter (PSC) – 29.097 votos
Douglas Fabrício (PPS) – Reeleito 54.518 votos
Dr. Batista (PMN) – Reeleito – 62.707 votos
Elio Rusch (DEM) – Reeleito – 54.933 votos
Evandro Júnior (PSDB) – Reeleito – 64.467 votos
Felipe Francischini (SD) – 35.842 votos
Fernando Scanavaca (PDT) – Reeleito 35.905 votos
Francisco Buhrer (PSDB) – Reeleito – 50.757 votos
Gilberto Ribeiro (PSB) – Reeleito – 76.110 votos
Gilson de Souza (PSC) – Reeleito – 34.470 votos
Guto Silva (PSC) – 45.313 votos
Hussein Bakri (PSC) – 26.682 votos
Jonas Guimarães (PMDB) – 40.139 votos
Luiz Carlos Martins (PSD) – 40.368 votos
Marcio Nunes (PSC) – 45.105 votos
Márcio Pacheco (PPL) – 24.855 votos
Marcio Pauliki (PDT) – 62.762 votos
Maria Victória (PP) – 44.870 votos
Mauro Moraes (PMDB) – Reeleito – 49.925 votos
Missionário Ricardo Arruda (PSC) – 23.592 votos
Nelson Justus (DEM) – Reeleito – 43.446 votos
Nelson Luersen (PDT) – Reeleito – 37.316 votos
Nereu Moura (PMDB) – Reeleito – 48.735 votos
Ney Leprevost (PSD) – Reeleito – 71.470 votos
Palozi (PSC) – 39.364 votos
Paranhos (PSC) – Reeleito – 69.684 votos
Pastor Edson Praczyk (PRB) – Reeleito – 47.797
Paulo Litro (PSDB) – 60.918 votos
Pedro Lupion (DEM) – Reeleito – 63.580 votos
Péricles de Holleben Mello(PT) – Reeleito – 40.966 votos
Plauto Miró (DEM) – Reeleito – 63.959 votos
Professor Lemos (PT) – Reeleito – 42.374 votos
Rasca Rodrigues (PV) – Reeleito – 23.815 votos
Ratinho Júnior (PSC) – 300.298 votos
Requião Filho (PMDB) – 50.167 votos
Romanelli (PMDB) – Reeleito – 60.298 votos
Schiavinato (PP) – 61.507 votos
Tadeu Veneri (PT) – Reeleito – 42.206 votos
Tercílio Turini (PPS) – Reeleito – 47.023 votos
Tiago Amaral (PSB) – 86.390 votos
Tião Medeiros (PTB) – 31.875 votos
Wilmar Reichembach (PSC) – 25.452 votos

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta