Professores do PR querem audiência de conciliação perante a Justiça

Do G1

9204

A greve de professores e funcionários da rede estadual do Paraná, que chega ao 26º dia nesta sexta-feira (6), ainda depende de alguns impasses para chegar ao fim. Ao G1, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná (APP-Sindicato), Hermes Leão, explicou que “há descrédito da categoria com relação às últimas propostas apresentadas pelo governo estadual”.

“Nós reconhecemos que o texto com as últimas propostas tem alguns avanços, mas ainda não são suficiente para que a gente possa voltar ao trabalho confiante que o governo vai mesmo cumprir com tudo”, disse.

Ainda segundo Leão, para garantir o que já foi proposto e acertar os demais pedidos, a categoria pretende pedir uma audiência de conciliação perante o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PR). A decisão foi tomada em uma reunião realizada na tarde de quinta-feira (5) com representantes do comando de greve em todo o estado. Até as 10h20 desta quinta, o pedido não tinha sido oficializado. Leia Mais

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta