Equipe policial é ameaçada ao atender ocorrência de agressão em Ivaiporã

rp_policia-viatura-cirene1-300x190.jpgO que parecia ser mais uma ocorrência corriqueira quase que termina em tragédia em Ivaiporã durante a noite de ontem (28). A PM foi solicitada para atender uma ocorrência de agressão por volta de 20h40 na Rua Bulha 13, Vila Monte Castelo e chegando ao local, a vitima, uma mulher de 23 anos, contou que seu marido lhe agrediu com socos e tentou enforca-la com uma corda mesmo ela segurando a filha no colo, ela quase desmaiou mas conseguiu se soltar e saiu correndo em direção ao portão quando seu marido atirou uma pedra que causou um corte no pé provocando sangramento.

O marido valentão estava nos fundos da residência, a PM o chamou, mas ele não saiu, então começou a formar uma aglomeração de pessoas no local, e por incrível que pareça, essas pessoas começaram a atirar pedras nos policias que foram salvar a mulher de ser morta pelo companheiro, uma pedra acertou a cabeço de um policial causando um pequeno corte. Foi solicitado apoio da Rotam mesmo assim os policiais eram ameaçados e pedras eram atiradas contra eles, foi necessário uso de bastão e munição de impacto controlado “anti-motin” pela equipe da Rotam para dispersar os agressores.

O marido agressor aproveitou toda a movimentação para fugir pelos fundos da residência. A jovem agredida foi levada para a delegacia de policia para registrar o BO, a PM não conseguiu identificar quem teria atirado à pedra que acertou o policial.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta