Participantes do projeto “Nascer Feliz” recebem kits para gestantes

Da Assessoria

DSCN3866Doze gestantes atendidas pelo projeto “Nascer Feliz” receberam na tarde de quinta-feira (23) kits para seus bebês. A entrega aconteceu na sede do CREAS de São Pedro do Ivaí, com as presenças das secretárias de Educação, Saúde e Assistência Social, presidente da APMI e demais profissionais que deram apoio no acompanhamento das gestantes e na confecção do enxoval.

O projeto “Nascer Feliz” foi implantado pela administração da prefeita Maria Regina Della Rosa Magri, que buscou aprimorar uma ideia do passado, garantindo assistência e atenção para as gestantes do município. “Quando assumimos a prefeitura resgatamos e aprimoramos o projeto, inserindo acompanhamento de diversos profissionais para que a gestação seja mais segura e humanizada”, enfatiza a prefeita.

A proposta é preparar as gestantes para o acolhimento de seus bebês. Até o quinto mês de gestação, qualquer mulher do município pode integrar o projeto, aproveitando todos os benefícios, seja na confecção do próprio enxoval e na participação das palestras e demais atividades. Os kits que foram entregues possuem cueiros, jogo de lençol, cobertor, manta de lese, toalha de banho, fralda de boca, pagão e mijão, fraldas de pano, babador, macacão, travesseiro, pares de meia, bolsa e frasqueira.

Saiba mais

O projeto “NASCER FELIZ” tem a finalidade de acompanhar e auxiliar as gestantes do município, fornecendo atendimento com profissionais como: coordenadora, assistente social, psicóloga, fisioterapeuta, enfermeira, médico, nutricionista, odontologista, agentes comunitários de saúde, entre outros capacitados para tais atividades.

O projeto foi resgatado em 2009 pela administração, que valorizou a ação de damas da sociedade civil que na década de 80 se reuniam para confeccionar enxovais para serem doados as mães carentes. Na época, as mães recebiam apenas o enxoval. “Mantivemos a doação do enxoval, mas procuramos envolver as mães na confecção do mesmo. Nossa implementação e composição do projeto foi na inserção de acompanhamento pertinente a saúde da gestante e seu filho”, frisa Regina.

Com o Nascer Feliz, a administração busca corresponder os objetivos do milênio elaborados pelos países-membros da Organização das Nações Unidas, com a finalidade de tornar o mundo um lugar mais justo, solidário e melhor para se viver. “O nosso projeto colabora em dois quesitos importantes dos 8 Jeitos de Mudar o Mundo: reduzir a mortalidade infantil e melhorar a saúde das gestantes”.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta