Ministro interino da Cultura, João Batista de Andrade deixa o cargo

BONDE

O ministro interino da Cultura, João Batista de Andrade (PPS), deixou o cargo nesta sexta-feira (16). A pasta divulgou a carta enviada por Andrade ao presidente Michel Temer (PMDB), na qual afirma não ter interesse em ser efetivado no cargo. Ele assumiu a pasta interinamente após a saída de Roberto Freire, quando do desembarque do PPS do governo, no mês de maio.

“Comunico a Vossa Excelência, respeitosamente, o meu desinteresse em ser efetivado como Ministro de Estado da Cultura, posto que venho exercendo interinamente, e por determinação legal do regimento interno, por ser o atual Secretário-Executivo do Ministério da Cultura”, afirmou Andrade na carta.

Ao jornal O Estado de S.Paulo, Andrade disse que deixou o cargo depois de notar que o posto estava sendo negociado com outros partidos da base governista. Ele justificou afirmando que há uma “deterioração” do ambiente político e que ele não queria ficar no meio “dessa roda de disputa”. “Eu não vim aqui atrás de cargo, vim fazer política cultural.”

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta