PM recupera objetos roubados de residência e prende dois envolvidos em Apucarana

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

Policiais militares do 10º Batalhão de Polícia Militar (10º BPM), pertencente ao 2º Comando Regional de Polícia Militar (2º CRPM), prenderam dois homens suspeitos de envolvimento com vários roubos na cidade de Apucarana (PR). A ação foi na terça-feira (11/07) e diversos objetos foram recuperados.

No início da madrugada de terça-feira, por volta de 00h15, uma residência no centro da cidade foi roubada. Segundo a tenente Kelly Wistuba de França, oficial de Relações Públicas do 10º BPM, as vítimas informaram que quatro homens entraram na casa da família e os trancaram no banheiro. “Eles amarraram as pessoas, as trancaram no banheiro e depois saíram com o carro da família, carregando várias joias e eletrônicos”, completa a tenente.

As vítimas da situação demoraram cerca de 1 hora para conseguir se desvencilhar das cordas e contatar a PM através do 190. Por volta das 2h da madrugada, os policiais receberam informações sobre a localização de dois suspeitos que estariam com os objetos do crime e foram até os lugares indicados, um no bairro Sumatra e outro no bairro Menegazo.

Nas residências dos rapazes, as equipes fizeram a abordagem e, após buscas, localizaram os produtos roubados nesta situação, além de uma arma de fogo e outros objetos que também teriam sido furtados de outras pessoas. De acordo com as informações da tenente Kelly, essa foi a quarta situação com essas características na cidade, duas haviam sido no mês de junho e outra no início de julho. “Normalmente eles entravam armados e encapuzados, amarravam as vítimas e as trancavam em um cômodo da residência. Depois eles recolhiam os objetos de seu interesse, carregavam o carro das vítimas e fugiam nele, sem soltá-los. Elas relatavam que esses homens eram bem agressivos”, conta a oficial.

Um dos rapazes envolvidos já tinha passagem por um roubo recente à uma loja e, assim como o outro homem, foi encaminhado à delegacia para que as medidas necessárias fossem adotadas. As vítimas das situações anteriores reconheceram seus objetos e a família também recuperou os produtos roubados. 

A tenente diz que a Polícia Militar estava ciente da preocupação da população com os crimes que estavam acontecendo e estas prisões são uma resposta aos moradores da cidade. As vítimas teriam dito que eram quatro pessoas, e as equipes continuam as buscas, a fim de encontrar os outros envolvidos.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta