Polícia Militar lança Operação Tiradentes em todo o Paraná com mais de 3 mil policiais militares

Por Marcia Santos Jornalista PMPR: Às 7 horas desta quarta-feira (24/04) foi desencadeada uma megaoperação pela Polícia Militar em todo o estado a partir de 7 horas desta quarta-feira (24/04). A operação Tiradentes conta com aproximadamente três mil policiais militares 1,2 mil viaturas, além do policiamento já feito rotineiramente, com o objetivo de intensificar a presença da PM em locais de grande concentração de pessoas para inibir o cometimento de crimes. A operação vai até a manhã de quinta-feira (25/04) e faz parte de uma ação nacional.
Em Curitiba, o lançamento foi na Praça Rui Barbosa, com frações de tropa das seis unidades que atuam na Capital, além do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Ambiental Força-Verde (BPAmb-FV) e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) . “Essa operação já ocorre há alguns anos e a atuação é uma concentração de forças e exposição de efetivo para aumentar a segurança da comunidade. É uma das maiores operações a nível nacional e estaremos grande efetivo”, disse o Subcomandante-Geral da PM, coronel Antônio Carlos de Morais.
A coordenação e planejamento da operação são do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (CNCG), entidade que representa as corporações militares estaduais de segurança pública. A Operação Tiradentes foi criada após a decisão unânime dos comandantes-gerais na primeira reunião extraordinária do Conselho, que ocorreu no início de abril deste ano, para demonstrar força, coordenação e integração entre as instituições com o objetivo de fornecer mais segurança ao cidadão de bem.
A atuação dos policiais e bombeiros militares será no sentido de promover mais segurança e ordem nas cidades, áreas rurais, estradas, rios e matas, aplicando equipes diuturnamente de maneira intensificada. No Paraná, todas as unidades operacionais estão aplicando seus respectivos efetivos, com apoio dos batalhões especializados em situações específicas.
“Estamos proporcionando essa sensação de segurança tão almejada com um reforço de policiamento, principalmente nos pontos em que há mais pessoas, com policiamento presença e para coibir qualquer delito com uma aplicação de policiamento em massa os resultados são notórios. Esse trabalho sobrepõe-se ao que as unidades policiais já praticam rotineiramente, é uma intensificação”, detalhou o coronel Morais.
O trabalho preventivo é feito com abordagens a pessoas e a veículos, estabelecimentos comerciais e pontos onde há denúncias e registro de atividades ilícitas como tráfico e uso de drogas. As buscas dos policiais serão focadas no sentido de localizar armas de fogo, substâncias entorpecentes, suspeitos de envolvimentos em crimes e foragidos da justiça, além de recuperar veículos com alerta de furto ou roubo.
A operação Tiradentes conta com efetivos dos seis Comandos Regionais (CRPMs), por meio das unidades operacionais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, aplicando os efetivos da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM), da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM), do Serviço de Inteligência, da Radiopatrulha (RPA), e demais equipes.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta