São Pedro do Ivaí discute Segurança Alimentar e Nutricional

A alimentação foi tema importante de debate em São Pedro do Ivaí. Dezenas de produtores da Agricultura familiar, vereadores, representantes de associações e a sociedade civil, participaram nesta terça-feira (18/06), na Associação Antoniana, da III Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Com o tema: “Comida no campo e na cidade: o que temos e o que queremos”, o evento foi promovido pela Prefeitura Municipal de São Pedro do Ivaí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, junto com o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Na ocasião foi discutida a Política Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, com levantamento de propostas e diretrizes, além de escolher os delegados para a Conferência Regional na cidade de Pitanga. Presente na Conferência na qual apresentou uma palestra sobre o assunto, a presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA), Roseli Pitnner, destacou que as conferências são oportunidades para os cidadãos avaliarem as políticas públicas na Segurança Alimentar e Nutricional existentes.

“Temos a chance de discutir essas políticas públicas relacionadas à alimentação, com sugestões de ampliação de programas e novas propostas para vir de encontro da necessidade da população. Vamos levar essas propostas levantadas as conferências, regionais, estaduais e até nacional”, disse a presidente do Consea.

Segundo ela, há uma preocupação que assusta: os alimentos ultraprocessados que estão cada vez mais presentes na vida das pessoas e que vem trazendo doenças, como câncer e má formação. “Cerca de 70% das doenças existentes no mundo são causadas pela má-alimentação. Por isso que temos que pensar em alimentação desde a forma como preparamos a terra até chegar à mesa do consumidor, este processo é importante para discutirmos os resultados e a questão do desperdício dos alimentos e da fome”, explicou ela.

Nos trabalhos em grupos foram debatidos os eixos: “Alimentação como princípio de existir”, “Desafios e Possibilidades na Construção de Política Pública” e “A Geografia da Fome e o Desperdício de Alimentos”.

Representando o poder executivo, a Secretária de Educação, Ivonete Harada, ressaltou que a importância da Cozinha Central que centraliza todo o sistema de alimentação municipal.

“A boa alimentação previne a saúde das pessoas. Todos nossos alimentos distribuídos nas escolas e CMEIS são selecionados e, através dos cardápios elaborados pela nutricionista, levamos a quantidade exata de todos os nutrientes que as crianças necessitam para o desenvolvimento de suas atividades”, disse Ivonete.

Participaram da Conferência, os vereadores Evaldo Domingues de Oliveira e Maridelma Guimarães, os secretários municipais Luiz Carlos Eleodoro dos Santos (Agricultura), Suelen Lombardi (Meio Ambiente), o agrônomo Leandro Cividini (EMATER) e o enviado da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB) de Ivaiporã, Carlos Roberto, que representou a chefe do núcleo regional, Vitoria Maria Montenegro Holzmann .

As propostas aprovadas serão levadas para a Conferência Regional que acontecerá em Pitanga no mês de julho.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta