Morre quarta vítima da queda de avião em Cascavel

Por RPC Cascavel

A quarta vítima do acidente com um avião de pequeno porte que caiu em Cascavel, no oeste do Paraná, morreu na noite de segunda-feira (18). A morte foi comunicada pelo Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP).

Graziela de Souza Philippi tinha 53 anos. O marido e a filha dela também morreram no acidente. A outra vítima é o piloto.

A mulher era a única que tinha sido resgatada viva dos destroços da aeronave, mas o estado de saúde dela era grave.

“Graziela deu entrada na emergência do HU às 18h30 de domingo (17), com politraumatismo, passou por procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, mas não resistiu à gravidade do quadro”, diz um trecho da nova divulgada pelo hospital.

O acidente

O acidente aconteceu na tarde de domingo (17), na área rural da cidade. Dois trabalhadores que estavam perto ouviram o estrondo da queda e também um grito de socorro.

A família voltava do litoral de Santa Catarina, onde tinha ido passar o feriado. A aeronave caiu a poucos metros de um aeroporto particular, onde iria pousar.

Avião caiu no meio da mata, em Cascavel, na tarde de domingo (17) — Foto: Cícero Bittencourt/RPC
Avião caiu no meio da mata, em Cascavel, na tarde de domingo (17) — Foto: Cícero Bittencourt/RPC

Avião caiu no meio da mata, em Cascavel, na tarde de domingo (17) — Foto: Cícero Bittencourt/RPC

As vítimas

Eduardo Philippi, marido de Graziela, era cardiologista e presidente do Cascavel Country Club. A filha deles se chamava Fernanda e tinha 12 anos.

Os corpos de pai e filha serão levados para Francisco Beltrão, no sudoeste do estado, e devem ser cremados durante a manhã de terça-feira (19), após de uma cerimônia privada para os familiares.

Leia mais aqui

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta